sábado, 23 de outubro de 2010

Chorar faz mal?

Jesus chorou.
João 11: 35



Me pergunto, às vezes, se chorar faz mal. Quem nunca chorou na vida...?

De acordo com a Wikipédia, "o choro, pranto (choro em excesso) ou ato de chorar ou lacrimejar é um efeito fisiológico dos seres humanos que consiste na produção em grande quantidade de lágrimas dos olhos, geralmente quando estão em estado emocional alterado como em casos de medo, tristeza, depressão, dor, saudade, alegria exagerada, raiva, aflição, etc."

Tá, você pode dizer, isso é a Wikipédia. Mas e a Bíblia?

Basta ler as páginas sagradas e encontraremos um rio de lágrimas. Tanta gente na Bíblia chorando - reis, profetas (Jeremias que o diga), juízes, patriarcas, apóstolos, o Mestre...
Uai, o Mestre também?
Sim, o Mestre... Jesus, o Messias desejado de todas as nações. Chorou e muito.
Mas, abordemos apenas o versículo citado acima, onde vemos o nosso Cristo a chorar. Se lermos a história da ressurreição de Lázaro superficialmente, talvez pensaríamos que o Mestre chorava à toa. Afinal, Jesus, sendo o Deus-Homem (tem um estudo bom sobre isso no [Blog do Ciro], é polêmico e instigante! Faz a gente esquentar os neurônios), não saberia que a morte do amigo era, por assim dizer, provisória?

Obviamente o Mestre sabia disso, sim. Mas, Ele chora. O Deus, nosso Redentor, chora publicamente, despertando a curiosidade e estranheza nos judeus.
Imagine, o Rei das nações, o Todo-Poderoso, a chorar por uma "morte provisória".

Aprendo algo com isso.

Jesus, o nosso Deus encarnado, demonstra ali compaixão para com os que amavam Lázaro - em especial, Maria e Marta, irmãs dele.
Imagino o coração do Mestre se condoer pela família - compaixão é com Ele mesmo... - creio que ali o Senhor demonstrava, para nós, que Ele chora sim conosco. Se não, por que o registro desse pranto nas Escrituras?

Deus é um Pai perfeito - Ele se importa com nossos sentimentos.

Desde segunda-feira, fiz propósitos com Jesus. Orações e jejuns pequenos, para ter mais comunhão e ser mais sensível à voz do Mestre.
Já tinha muito tempo que eu não orava em casa, as ocupações do lar e outras coisas roubavam meu tempo (seria o Twitter? Risos); música, leituras, afazeres domésticos, tal e tal. E  você, leitor, não venha me dizer que isso não te acontece, tá ligado? Por vezes, lembramo-nos de falar com todo mundo e deixamos para falar com o Senhor só no fim do dia, já deitados quase dormindo. A isso, dou o nome de "oração Jesus boa noite".
Nesse período, Deus até me inspirou a compor alguns louvores, mas não sentia nada em especial. Em tempo: eu prezo muito pela presença REAL do Espírito Santo, que é diferente de uma explosão emocional, coisa essa que acontece freqüentamente em nossos cultos.
Há umas duas horas atrás, recebemos visita em casa. Dois irmãos em Cristo motocaram (termo meu) de Montes Claros a Mirabela, em média 70 km.
Ao orarmos, simplesmente comecei a chorar - chorar - chorar... Me vieram à mente tantas lembranças, tanta coisa...!
Os irmãos até perguntaram: 
- Tem mistério aí, vaso? Tem manto de mistério pra ser desenrolado? (nem um pouco pentecostais, os nossos amigos, hein... Risos)
E eu só dizia que não. Murilo, o marido, ficou bem preocupado. Até saiu de casa para me deixar a sós com Deus.

Posso falar sinceramente? Não tinha entendido o porquê das lágrimas até há alguns minutos.
Agora, entendo. Parece que as escamas caíram dos meus olhos, como caíram dos olhos de Saulo (cf. Atos 9: 18)...
Deus me quebrantou. Me fez desenferrujar os olhos. Amoleceu meu coração.

Amigos leitores, por vezes o ativismo religioso rouba o nosso tempo com Deus. A música também rouba. A internet, a TV, mesmo as programações cristãs (eu não disse gospel, viu) - aqui, nós amamos e recomendamos a programação da TV Novo Tempo -, conversas paralelas, TUDO que ocupa em demasia nossa mente!

A adoração a Deus, o diálogo sincero com o Senhor, o nosso alimentar da Palavra... Fica em segundo plano, não é mesmo?

Jesus me levou a chorar, para que eu me aproximasse realmente dEle. É verdade que meus olhos agora estão como tomatinhos, mas meu coração... Ah...! É como se Ele me dissesse: "Filha, lágrimas curam. Não as lágrimas que você derrama para pessoas ou para si mesma. As lágrimas que você derrama para mim, mostrando realmente o que há aí dentro desse coração".

Chora aí, leitor! Pois, como canta a irmã Elaine de Jesus, "quem chora pra Deus tem resposta".
Pode ser que essa resposta demore a vir e venha totalmente diferente do que você espera. Mas é a resposta do Senhor. Aguce bem os ouvidos - nada melhor que o quebrantamento sincero para ouvirmos Deus falando conosco... 


Em Cristo, o que chora conosco

Simone Fernandes
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...