quarta-feira, 26 de setembro de 2012

A formiguinha e a má escolha

Gabriel Tardin

“Há caminhos que parecem direitos ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte” (Provérbios 16:2).

Hoje, ao tomar banho, me deparei com uma cena interessante: senti algo tocando os meus pés na direção contrária à da água. Quando olho para baixo, eis uma pequena formiga sendo arrastada pela correnteza. No mesmo instante, dei um chute na corrente de água para salvar a formiguinha. Consegui salvá-la, mas a danada virou-se e foi caminhando novamente em direção à água. Salvei-a de novo, mas ela voltou para a água. A situação se repetiu mais algumas vezes, até que eu percebi que a formiguinha queria mesmo era entrar na água. Então eu deixei... Quando ela estava prestes a entrar no ralo, eu fiz um último esforço para salvá-la, mas a doida da formiguinha fez meia-volta e entrou na correnteza de novo. Foi arrastada pelas águas e morreu dentro do ralo. Eu saí do banheiro impressionado e muito pensativo. (…)

Amigo (a), temos um coração enganoso. Talvez nossas intenções e vontades não sejam o melhor caminho a seguir. À nossa vista, algumas coisas podem parecer boas, mas existe Alguém superior a nós olhando lá de cima e tentando indicar que aquele caminho é perigoso. O mais interessante é que Deus sempre nos tira dos rolos e armadilhas, e nos indica o caminho certo. Mas, a gente faz meia-volta e se joga, de novo, de cara no pecado. Deus tenta novamente, desmonta a armadilha, a gente vira e faz tudo de novo. Querido (a), Deus não irá insistir para sempre conosco. Ele sempre tenta indicar o melhor, mostrar o local mais seguro, mas nós sempre queremos fazer as coisas do nosso jeito. Deus enxerga além do que nossos olhos podem ver, mas nós preferimos seguir as próprias ilusões, como aquela água clara e cristalina estava iludindo a pobre formiguinha. Chega um momento em que Deus permite que soframos as consequências de nossas próprias escolhas, por livre-arbítrio. É neste momento que percebemos o quanto fomos errados. É verdade: algumas pessoas só descobrem que erraram após a situação tornar-se irreversível. - Caminhos de morte, Deus não deseja que andemos por eles.

Caro(a) amigo(a), aproveite as oportunidades que Deus te dá. Ele enxerga o futuro, um lugar que você não pode ver. Ele sabe o que é melhor. Não se deixe iludir por prazeres ou alegrias, talvez essas sejam as águas que irão te levar para o ralo do pecado e, consequentemente, para a morte. Se ponha no lugar que Deus designou para você e seja feliz. Viva o sonho do Senhor! Saiba que tuas decisões geram consequências - Deixe que Deus decida por você. Hoje você tem mais uma oportunidade, Deus te toma pela mão e te livra da correnteza do mundo...

SERÁ QUE VOCÊ VAI VOLTAR PARA A ÁGUA?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...